Aqui você pode pesquisar os planos existentes

 


Crie uma máquina de fumar e aponte os riscos do tabaco

Publicado por 
novaescola
Objetivo(s) 

Reconhecer os riscos e danos à saúde causados pelo tabagismo

Conteúdo(s) 

 

 

Ano(s) 
Material necessário 

Reportagem da Veja

Desenvolvimento 
1ª etapa 

Introdução

A reportagem traz novos dados sobre o tabagismo e, por si, justifica a leitura em classe. Analise as informações e construa uma máquina de fumar. A experiência ajudará a ilustrar os malefícios do cigarro.

Monte a máquina de fumar e observe-a em ação (siga as instruções do quadro abaixo). O experimento tem forte apelo visual, pois, ao final, a água da garrafa apresentará um aspecto repugnante. Dica: use luvas para manusear o material, pois o cheiro que fica é horrível.

Pergunte o que os alunos sabem sobre a relação entre fumo e saúde. Mesmo que haja protestos contra o tema reincidente, insista. Devem surgir respostas do tipo aumento da pressão arterial e risco de câncer de pulmão. Cite ainda: câncer de bexiga, asma, isquemia, derrame e alteração da coagulação sangüínea. Algum item pode ser acrescentado à lista após a leitura de VEJA? É claro - a associação com a pílula.

Diga que a reportagem se presta para examinar o significado de achados científicos. É importante mostrar que, segundo a revista, as mulheres são mais propensas a desenvolver câncer de pulmão do que os homens.

Por conta do volume de dados divulgados pela mídia, as estatísticas acabam passando despercebidas. Ataque esse ponto. Qual a relevância de saber a evolução das mortes de mulheres vítimas de câncer de pulmão entre 1930 e 1997? Nenhuma! Publicar os números dos últimos 20 anos, sim, faz todo o sentido.

Discuta por que podemos considerar o tabagismo uma epidemia. O conceito refere-se a um grande e repentino crescimento de casos de certa doença numa população qualquer. E nem precisa ser um mal contagioso.

A questão implícita está na afirmação do oncologista Mark G. Kris. Por que aumentou o número de fumantes do sexo feminino? A causa pode ser social. Nos últimos trinta anos, as mulheres entraram com força no mercado de trabalho, sujeitando-se a tudo de bom e de ruim que ele impõe. E o tabaco, sabidamente, desencadeia um mecanismo que "acalma" o usuário.

Atividades
Sugira uma pesquisa fundamentada em entrevistas com amigos, parentes e vizinhos dos adolescentes. O objetivo é refletir sobre o que leva as pessoas a fumar. Apesar de a discussão não ser nova, ela contribui para afastar os jovens do tabagismo. Afinal, a melhor forma de sair do vício é nem entrar nele!

Criar campanhas publicitárias na escola sempre traz muita repercussão. Trabalhe em parceria com o professor de Língua Portuguesa e inclua toda a comunidade numa cruzada antifumo.

Para ir mais longe

A máquina de fumar 

Você vai precisar de:

  • uma lata de leite em pó, vazia e sem tampa;
  • duas rolhas;
  • um tubo de plástico (com cerca de 10 centímetros de comprimento e 1 de diâmetro);
  • uma mangueira de borracha (com meio metro de comprimento e diâmetro igual ao do tubo);
  • uma bacia funda ou um balde; uma garrafa de vidro de boca larga (com capacidade para mais ou menos 100 centímetros cúbicos);
  • água limpa;
  • dois ou três cigarros e fósforos para acendê-los; e
  • um pedaço pequeno de câmara de ar de automóvel.


Monte a engenhoca e ponha para funcionar como indica a figura. À medida que a máquina "fuma", a água do vidro vai escurecendo. A cor resultante vem das substâncias contidas na fumaça do cigarro. Lembre que a nicotina e o alcatrão estão entre os ingredientes mais nocivos dessa mistura. Que outras substâncias tóxicas os estudantes conseguem listar?

1. Fure a lata e cubra o buraco com o pedaço de câmara de ar, que deve ficar preso de um lado e solto do outro, formando uma lingüeta
2. O ar que passa pelo cigarro arrasta a fumaça para a água da garrafa, que vai borbulhar. O líquido retém as impurezas do fumo

Créditos:
Marcos Engelstein
Formação:
Professor do Colégio Santa Cruz e assessor de Ciências do Colégio Anglo-Brasileiro, ambos de São Paulo
Autor Nova Escola

COMPARTILHAR

Alguma dúvida? Clique aqui.