Aqui você pode pesquisar e adaptar planos já existentes

 


Cópia de figuras geométricas na EJA

Publicado por 
novaescola
Objetivo(s) 

- Investigar as relações entre as formas geométricas.
- Identificar distintos elementos e analisar algumas propriedades das formas geométricas.
- Reproduzir uma figura com base na análise das características dos elementos que a compõem.

Conteúdo(s) 

- Formas planas.
- Relações entre formas.

Ano(s) 
Tempo estimado 
Duas aulas.
Material necessário 

Cópias da figura apresentada na 1ª etapa desta sequência, papel quadriculado e instrumentos diversos, como régua, compasso, esquadro e transferidor.

Desenvolvimento 
1ª etapa 

Copiar uma figura é uma maneira interessante de começar a pensar nela em relação aos elementos que a compõem. Entregue para cada aluno uma folha de papel quadriculado e uma cópia da figura à direita. Proponha que, individualmente, todos copiem o modelo na folha quadriculada, usando os instrumentos que forem necessários, de tal maneira que, ao terminar, o original e a cópia coincidam ao serem sobrepostos. Deixe à disposição régua, compasso, esquadro e transferidor para que cada um escolha o que julgar necessário para realizar a tarefa. Recolha todas as produções, mesmo aquelas em que a sobreposição não seja perfeita. Vale ressaltar que a figura apresentada, os instrumentos de geometria à disposição e o tipo de papel são variáveis didáticas que devem ser consideradas, pois modificam as exigências das situações e favorecem o estabelecimento de novas relações. Se pedir que os estudantes que copiem o desenho em um papel em branco, a questão os colocará diante da dificuldade de garantir o paralelismo ou a perpendicularidade dos lados (aspecto que o papel quadriculado resolve) - exigência que torna a atividade mais adequada para o segundo ciclo.

 

tabela
2ª etapa 

Selecione algumas figuras e proponha uma discussão em grupo. É importante escolher poucos trabalhos - dê preferência àqueles que representam uma dificuldade generalizada da turma. Lembre, no entanto, que o objetivo não é criticar as produções dos alunos que tiveram dificuldades, e sim analisar o que ocorreu durante a reprodução do o modelo. Proponha uma conversa sobre as características da figura e sobre como eles a reproduziram. É importante que durante as falas dos estudantes sejam mencionados diferentes procedimentos baseados em relações diversas e, com base neles, o grupo conclua que nem todos são oriundos das mesmas relações. Isso permite ampliar a ideia de que cada um pode ver questões diferentes numa mesma figura e que elas são colocadas em jogo na situação de cópia. Os alunos também devem estabelecer relações que garantam a efetividade da reprodução: contar a quantidade de quadrados que cada lado ocupa, decidir se usam ou não uma régua para medir, determinar os pontos médios de cada lado (embora possam não saber que assim são denominados) etc.

Avaliação 

Observe que recursos a turma usou para fazer as cópias. Com base nesses dados, para trabalhar com as características pouco assimiladas, proponha outras atividades com diferentes níveis de complexidade. Por exemplo, peça que todos copiem uma figura deixando o modelo fora do campo de visão enquanto o aluno desenha. Nesse caso, será necessário selecionar informações antes.

Fonte: Documento Enseñar Geometría en el Primer y Segundo Ciclo, da prefeitura de Buenos Aires, na Argentina

 

Créditos:
Adaptações propostas por Priscila Monteiro
Formação:
Coordenadora de formação em Matemática da prefeitura de São Caetano do Sul, na Grande São Paulo, e selecionadora do Prêmio Victor Civita - Educador Nota 10.
Autor Nova Escola

COMPARTILHAR

Alguma dúvida? Clique aqui.