Ainda não há contribuições em grupos.

Você ainda não tem amigos adicionados

Eventos

Próximos Eventos

17/03/18
SOBRE O CURSO Discutir os principais aspectos do...
Izabel Soares de Souza
publicou no grupo Cultura leitora na escola

Atividade 4

Eu sou leitor!

Olá queridos! É uma pena, mas nossas discussões estão chegando ao fim! Espero que tenham gostado de refletir sobre a cultura leitora na escola. Nós, enquanto docentes educadores, devemos ter consciência do nosso papel em sala de aula e na construção do processo escolar dos educandos que atendemos e propor aulas diferenciadas com propostas atraentes. A leitura é uma boa maneira de tornar este processo possível.

Nesta atividade quero propor algumas tarefas para serem realizadas com seus alunos em sua escola ;)

1º Escolha um livro para ler para seus alunos, pense assim: “Ah! Se eu fosse criança, eu leria esse!”
2º Doe uma de suas aulas de Língua Portuguesa para o trabalho com os livros, escolhidos por você ou por seus alunos.
3º Procure livros que tratem de algum conteúdo com o qual esteja trabalhando no momento, isso deixará seus alunos mais interessados.
4º Crie um caderno de indicação de leitura, deixe este caderno disponível para que seus alunos escrevam o que estão achando dos livros que você lê e também dos livros que eles já leram e querem indicar. 

Agora é a sua vez, compartilhe alguma experiência com a leitura de livros em sua classe que de fato impactou a sua turma.

Lembre-se de incentivar seus colegas a ler e a ler em sala de aula. Vamos disseminar a cultura leitora nas escolas!

0

Comentar

Login ou registre-se para postar comentários

Comentários

Um dos últimos livros que li para minha turma e que os deixaram entusiasmados, foi Sorumbática da Eva Furnari, Uma história divertida, cheia de aventura, bem ilustrado e bastante colorido. E o que eles mais gostaram foi a parte das charadas, uma delicia de trabalhar, recomendo!!!
curtir
1

Que legal Tânia!!! Conheço este livro e sou apaixonada pela Eva, curto tudo que ela produz. Obrigada por compartilhar sua prática. Abraço!
curtir
0

Como ainda não atuo em escolas, não tenho como trabalhar com alunos reais, mas penso que estivesse com uma turma de alunos da Educação infantil ou anos iniciais, colocaria a disposição dos alunos livros de histórias clássicas infantis, explorando o lúdico dessas histórias, que certamente a maioria das crianças conhece. Meu objetivo seria apresentar os livros e incentivar que os alunos continuassem a ler outras histórias, ou no caso dos menores, que explorassem as figuras, já iniciando uma pré apresentação das palavras e seus sons.
curtir
0

Muito legal Daiane! Está no caminho certo apenas sugiro que se coloque a disposição das crianças os livros depois de ter apresentado para eles o livro como um objeto de estrema importância, para evitar prejuízos aos seus materiais. Isso não significa que deve limitá-los, mas trabalhar fortemente a conscientização. Obrigada por sua participação! Abraço!
curtir
0

Olá Isabel. O livro que trabalhei essa semana foi: Escolinha do mar. da autora Ruth Rocha. O livro foi propicio pois estamos estudando sobre os meios de transportes aquáticos e os animais marinhos. Quanto ao caderno de indicação achei ótima ideia vou já fazer. Mas sempre dou abertura para os mesmos trazerem livros que gostam para que eu leia na sala ou os convido para lerem. As experiencias tem sido maravilhosas, e eles estão sempre visitando a biblioteca da escola para pegar livro emprestado. E temos um projeto baú de leitura onde tem o caderno de registro eles levam o livro de história e os pais também tem uma participação no caderno de registro escrevendo como foi a visita do baú. Acho um barato os registros dos pais e a empolgação dos mesmos no projeto. Foi maravilhoso pra mim participar deste grupo e compartilhar com todos meus projetos e meu amor pela leitura. E te conhecer também. Um abraço e obrigada.
curtir
0

Que delícia Marcela! Adorei a história do baú...rsrsrs... Vou pensar em algo parecido por aqui tambném. Também curti demais conhecer todos vocês! Abraço!
curtir
0

Último livro que trabalhei com meus alunos foi de hora em hora onde Marcelo faz perguntas divertidas a mãe e a mesma vai contando a história explicando sobre o tempo. As horas são apresentadas com graça e muitas ilustrações, despertando o interesse das crianças. Marcelo vive o seu cotidiano e, sempre dando seus apartes, vai aprendendo com as respostas da mãe. No final ele descreve o seu dia mostrando qual hora corresponde a cada momento, desde que levanta até o fim do dia. Utilizei também um relógio feito no chão e plaquinhas com o que fazemos ex:12:00 hora do almoço . Após a história fui indagando o que faziam em hora X ou y e pegavam a plaqinha e colocavam ao lado da hora referente. Todos participaram e se divertiram.
curtir
0

Adorei Amanda! A contextualização é tudo para a aprendizagem da criança! Adorei sua experiência! Obrigada por participar!
curtir
0

Estou trabalhando com projeto de contos em minha sala. Estou utilizando Contos de fadas de Maria Tatar, irmãos Grimm e Perrault está sendo bastante produtivo sinto que na hora do reconto as crianças tem trabalhado com mais prazer. E nas leituras diárias vou apresentando outros gêneros.
curtir
0

Durante o ano tenho usado o espaço da biblioteca para os alunos buscarem livros e depois criamos um painel com sugestões dos livros onde eles contam sobre o assunto principal, falam do autor e ilustrador, tem sido muito interessante, ao termino do ano vejo alunos que junto com suas famílias vão a livrarias e compram livros. Estou muito feliz com o trabalho e com o retorno que tenho visto por parte dos alunos. Eu acredito que é possível sim torna-los leitores e multiplicadores pois com o decorrer do ano percebi que os alunos que gostam de ler incentivam a todos inclusive suas famílias.
curtir
0