Ainda não há contribuições em grupos.

Você ainda não tem amigos adicionados

Nenhum evento aberto no momento

Miruna Kayano
publicou no grupo Alfabetizar a todos respeitando o tempo de cada um

Atividade 4- Encerramento: Seguir continuamente investigando a alfabetização

Ao longo destas semanas de trabalho, pudemos, em nosso Grupo de Estudos, pensar nos desafios da alfabetização, nas hipóteses de escrita e nas melhores propostas que os alunos podem vivenciar na escola.

Agora, em nossa atividade final, indico para leitura o texto Vamos deixar os pequenos escrever do jeito deles, para que vocês escrevam uma mensagem sobre o que consideram essencial que um professor observe.

Muito obrigada a todos que participaram destas intensas semanas de discussões!

OBS.: Lembre-se de não criar novos posts. Comente essa publicação clicando em "comentar" no final da atividade.

0

Comentar

Login ou registre-se para postar comentários

Comentários

Não existe uma receita pronta de alfabetização, é um conjunto de ações que podem trazer melhores resultados! Acho que é fundamental nós capacitarmos sempre, cursos, palestras, seminário, e este tipo de discussão, pois acrescenta muito, e uma boa leitura!
curtir
0

Olá Tânia, sua mensagem foi mesmo muito bem selecionada! Para ser um bom alfabetizador é preciso repensar a própria prática de forma constante, sabendo que a formação de professores deve ser um foco constante de investimento pois permite a todos compreender de forma cada vez mais clara os processos vivenciados pelos alunos. Muito obrigada por sua participação neste grupo de estudos! Um abraço!
curtir
0

Eu amo quando o assunto é alfabetização. Infelizmente não consegui participar, mas acompanhei os temas e o material já está impresso, vou passar para minhas colegas! Por mais eventos assim!!!!!
curtir
0

Olá Lisiane, que bom que conseguiu acessar os materiais, é importante irmos guardando esta bibliografia que certamente pode apoiar em nossa trajetória alfabetizadora! Um grande abraço!
curtir
0

Os estudos sobre alfabetização, nos possibilita ofertar mais situações de aprendizagens significativas para as crianças. A escrita livre dos alunos é uma prática que contribui efetivamente para que os alunos reflitam sobre o processo, porém as intervenções do professor acrescenta muito nesta atividade, pois por meio destas as crianças podem despertar para questões que ainda não tinham refletido.
curtir
0

Olá Elaine, perfeita colocação que mostra o quanto alfabetizar é sim respeitar o tempo do aluno, dar a ele a confiança em sua escrita, mas sem deixar de planejar ações que façam esta criança repensar sua escrita e sua forma de se relacionar com o nosso sistema. O planejamento didático é uma poderosa ferramenta a ser utilizada pelo professor. Um grande abraço, obrigada por sua participação!
curtir
1

Não existe uma receita pronta de alfabetização, é um conjunto de ações que podem trazer melhores resultados! Acho que é fundamental nós capacitarmos sempre, cursos, palestras, seminário, e este tipo de discussão, pois acrescenta muito, e uma boa leitura!
curtir
0

O essencial que o professor deve observar é o que o aluno está escrevendo , mesmo que seja um rabisco , desenho ou apenas letras , perguntar a ele sempre - o que diz aqui ? compreendendo a escrita do aluno e repeitando ele nos avanços de um nível para o outro . Nunca julgar ou intimidar o aluno por qualquer escrita feita , mas sim orientar ele a seguir escrevendo , mesmo que seja da forma dele , despertando no aluno a vontade de aprender , oportunizando a interação com a escrita .
curtir
0

Trabalho com o 2° ano dos anos iniciais e percebo que depois de sanada a ansiedade para que as crianças leiam e escrevam, a próxima ansiedade dos pais se dá em relação à grafia dos filhos. Muitos pais exigem que eu exija a grafia cursiva e quando explico que não posso exigir isso, que minha obrigação é apenas que eles reconheçam a grafia cursiva sem obrigação de escreve-la alguns pensam que uso esse argumento como desculpa por minha falha. Ainda no final deste ano, na entrega de avaliações, uma família que está mudando de cidade me "alfinetou", dizendo que quer ver como será com a criança daqui pra frente já que na escola nova os alunos são obrigados a escrever somente cursiva. Aí fica minha dúvida, será que estou errada? O que devo fazer no próximo ano...
curtir
0